Maria do Rosário e sua filha: provando do próprio veneno!



          Antes de mais nada deixa eu esclarecer, o único objetivo desta postagem envolvendo a deputada Maria do Rosário e sua filha é apenas enaltecer a total liberdade de expressão que a internet nos dá, onde a própria liberdade de imprensa nos moldes tradicionais fica amarrada a convenções e normas e também a interesses obscuros de terceiros, desvirtuando completamente seu objetivo social elementar básico que é informar, esclarecer e denunciar qualquer mazela de qualquer segmento da sociedade.

          Este rapaz do vídeo jamais teria espaço em qualquer meio de comunicação tradicional. Se jornalista fosse poderia ter seu registro cassado; já a emissora de rádio ou TV que ousasse veicula-lo poderia sofrer inúmeros processos, gerando prejuízo pecuniário inviabilizando sua operação; pressão oficial sobre os anunciantes, causando mais prejuízos - Lembram do caso Jandira Feghali x SBT na polêmica  Rachel Sheherazade? -; E, podendo, por fim, ter sua concessão suspensa.

          Por que?

          Simples, desde a redemocratização os espaços políticos foram sendo tomados por grupos e pessoas nada comprometidas com o bem estar da sociedade no geral, mas no nicho da sociedade que se auto intitula discriminada, porém tem força política para eleger seus representantes. E esses representantes tem como objetivo único servir de lobista e também de defensores ferrenho de causas nefastas, completamente prejudiciais ao todo da sociedade.

          Maria do Rosário optou por ser porta-voz do segmento mais odiado por todos. Em nome da defesa dos direitos humanos - tema importantíssimo, por sinal -, põe no mesmo barco ladrão pé de chinelo, traficantes, estupradores, todo e qualquer homicida independente da gravidade da situação. O resultado é este, atraiu para si todo o ódio da maioria da população.

          Ela pode berrar, espernear, fazer o diabo. Sobre as fotos de sua filha adolescente usando drogas, anoréxica, e muitas marcas de ferimento pelo corpo, não há como impedir que no mundo virtual as fotos circulem livremente. Ela pode processar um site aqui, outro ali, mas o fantasma sempre estará presente. Diferentemente do que ocorre na mídia tradicional. Muitos meios de comunicação por certo hão de preferir nem tocar no assunto para evitar retaliações judiciais.

          Sinceramente e de coração desejo que o ser humano, mulher e mãe Maria do Rosário consiga superar esta fase. Não é fácil. Só quem convive com este drama sabe tão complicado e delicado tratar a questão.

           Que sirva de reflexão e lhe de uma lição de humildade.

           Antes de impor um estilo de vida ou pensamento, cuide primeiro de sua casa e dos seus.

Comentários

Postagens mais visitadas